Esperança

Esperança é a vida que desperta
É o auge de uma alma que padece
Esperança é um sinal, é um alerta
Para todo coração que se entristece
Esperança é um riso repentino
É um ânimo que surge sem querer
É um amanhecer, tão vespertino
Que nos desperta a vontade de vencer

Esperança é a chuva que desaba
É a pausa na manhã que se perdeu
É o relâmpago que no infinito se acaba
É o que resta de quem sobreviveu!

Esperança é o lapso da mente
Um mistério que ludibria a razão
É um poder sutil e displicente
Que enfeita docemente o coração

Esperança é o gozo sem prazer
Um gesto farto, uma luta inconsciente
É a determinação de se obter
Conquistas sem precedentes...

Esperança é o trabalho
É esforço, constância, é a dor
E tudo isso é apenas um retalho
Prefácio vago do que é o amor

Esperança... Um estado enigmático
Performance defensivo de coragem
Tributo consciente e pragmático
De quem deseja prosseguir sua viagem...

Priscila de Loureiro Coelho

1 Comentário:

Kátia Ruivo disse...

selinho pra vc, fofa!
bjs

 


GIRLSPT.COM - Cursores Animados