Sossega Coração!

Sossega, coração! Não desesperes!
Talvez um dia, para além dos dias,
Encontres o que queres porque o queres.
Então, livre de falsas nostalgias,
Atingirás a perfeição de seres.

Sossega, coração, contudo! Dorme!
O sossego não quer razão nem causa.
Quer só a noite plácida e enorme,
A grande, universal, solente pausa
Antes que tudo em tudo se transforme.

2 Comentários:

Kátia Ruivo disse...

Nostalgia faz parte da vida, eu acho, impossível nos livrarmos dela pra sempre, não é mesmo?

bjos

Luciene Medeiros disse...

É verdade Kátia...
Quem é que já não teve esse sentimento...
Esse foi apenas um trecho que tirei do texto de Fernando Pessoa.
Bjs!

 


GIRLSPT.COM - Cursores Animados